Câmara aprova exigência de carrinho de supermercado adaptado a pessoa com deficiência

Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Votação de propostas. Dep. Tereza Nelma (PSDB - AL)
Tereza Nelma aceitou emenda que define o tamanho dos mercados sujeitos à regra

A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (21) o Projeto de Lei 485/19, do deputado Capitão Wagner (Pros-CE), que exige dos hipermercados, supermercados e estabelecimentos congêneres a manutenção de 2% dos carrinhos de compra adaptados para uso pela pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Alternativamente, os estabelecimentos poderão manter funcionários para auxiliar essas pessoas na realização de suas compras. A matéria, que será enviada ao Senado, foi aprovada na forma do substitutivo do deputado Danilo Forte (PSDB-CE).

Na votação em Plenário, a relatora substituta, deputada Tereza Nelma (PSDB-AL), aceitou emenda do deputado Tiago Dimas (Solidariedade-TO) para limitar a medida aos estabelecimentos com área de atendimento ao público igual ou superior a 1 mil metros quadrados.

“Grande parte dos varejistas do ramo alimentício são pequenos negócios, que muitas vezes não possuem rendimentos suficientes para satisfazer todas as suas despesas ao final do mês”, afirmou Dimas.

A exigência entra em vigor depois de 180 dias de sua publicação.

Fonte: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta