TJMG lança manual de gestão de contratos

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais já conta com o inédito Manual de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos. O documento serve de guia aos gestores responsáveis por acompanhar e fiscalizar a execução de contratos de compra de bens e serviços.

Na solenidade de lançamento e assinatura do manual, o presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais, registrou o pioneirismo da iniciativa e disse que ela representa um marco da atual gestão compartilhada da instituição.

“É um divisor de águas no TJMG. A partir de agora, é possível ter mais transparência e eficiência no cumprimento de contratos”, afirmou o presidente.

Ele ressaltou que a elaboração do manual resultou do trabalho em equipe de magistrados, servidores e colaboradores. “Trata-se de um legado que ficará para as próximas administrações. O material entregue já segue a orientação do pacto de integridade, recém-lançado pelo TJMG”, acrescentou.

O manual foi apresentado pelo desembargador José Arthur de Carvalho Pereira Filho, superintendente de Planejamento Administrativo e Gestão de Bens, Serviços e Patrimônio.

Ele explicou que o documento organiza, dá as diretrizes e esclarece qual é a finalidade dos contratos, além de reforçar as garantias do contratante.

Outro ponto abordado pelo desembargador diz respeito às áreas de atuação do gestor do contrato e do fiscal da execução do contrato.

Antes, segundo o magistrado, o limite entre as funções desses executores era ambíguo. “Com o manual, está identificado onde atua cada responsável pelo acompanhamento do serviço ou da aquisição de um bem ou produto”, explicou.

A juíza auxiliar da Presidência Rosimere das Graças Couto explicou que todos os gestores e fiscais serão capacitados para seguir as orientações do manual. O documento foi feito com a colaboração de todas as áreas da Casa, frisou.

A assessora técnica Tatiana Camarão comentou que o manual vai contribuir para o fiel cumprimento de um contrato, sem prejuízos, o que vai resultar em mais qualidade no serviço prestado pelo Judiciário à sociedade. “Trata-se de grande passo rumo à excelência na governança no TJMG”, registrou.

Atribuições

Cabe ao gestor participar da elaboração do termo de referência/projeto básico, atentando para as questões mais sensíveis da contratação, e alertar sobre procedimentos que devem ser adotados para evitar o prejuízo decorrente de ineficiência e fraudes.

O fiscal do contrato é o servidor especialmente designado pelo gestor para acompanhar, controlar e fiscalizar a fiel execução do contrato; anotar em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução do contrato, determinar o que for necessário à regularização das faltas ou defeitos observados e informar o gestor sobre eventuais vícios, irregularidades ou baixa qualidade dos serviços prestados pela contratada.

Compete ao gestor e ao fiscal do contrato seguir as diretrizes fundamentais para garantir a observância da integridade nos processos de licitação e nas contratações do TJMG, conforme condutas previstas na Política de Integridade das Contratações do TJMG, implantada pela Portaria 4.717/PR/2020.

Para acesso ao vídeo sobre o Manual de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos clique no link:  https://www.tjmg.jus.br/portal-tjmg/noticias/tjmg-lanca-manual-de-gestao-de-contratos.htm#.XmqzvKhKjIV

Fonte: TJMG

The post TJMG lança manual de gestão de contratos appeared first on Portal CNJ.

Fonte: CNJ

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta