Projeto suspende prestações de financiamento de táxis durante pandemia

gdi1980@gmail.com
Saúde - doenças - coronavírus Covid-19 pandemia prevenção contaminação contágio transporte individual taxistas motoristas de aplicativo máscaras proteção
Deputados apontam que os taxistas com o isolamento social e consequente diminuição do número de corridas.

O Projeto de Lei 1721/20 suspende a cobrança de prestações de financiamentos de veículos contratados por taxistas por meio do FAT Taxista, enquanto durar no Brasil o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19. Pelo texto, os valores suspensos serão acrescidos em prestações ao final do contrato, sem juros ou mora.

A proposta tramita na Câmara dos Deputados e foi apresentada pelos deputados Perpétua Almeida (PCdoB-AC) e Dagoberto Nogueira (PDT-MS).

Eles argumentam que os taxistas brasileiros enfrentam dificuldades financeiras em razão das medidas de combate à Covid-19, como o isolamento social, e da consequente diminuição do número de corridas.

“Esses chefes de família encontram-se sem renda, sem saída para sustentar suas famílias. Será fundamental que o setor financeiro dê sua contribuição, deixando de cobrar dívidas vencidas dos financiamentos do FAT Taxista”, defendem, na justificativa do projeto.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Fonte: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta