Projeto estabelece como dever do Estado distribuir recursos para promover igualdade na educação

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Audiência pública sobre as obras inacabadas de creches e escolas. Dep. Marreca Filho (PATRIOTA-MA)
Deputado Marreca Filho: “Há metodologia para se mensurar o nível socioeconômico dos alunos da educação básica brasileira”

O Projeto de Lei 3309/20 inclui entre os deveres do Estado com a educação básica pública a distribuição de recursos educacionais para promover a equalização das oportunidades educacionais, levando em conta a vulnerabilidade socioeconômica dos estudantes

Em análise na Câmara dos Deputados, o projeto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Autor da proposta, o deputado Marreca Filho (Patriota-MA) lembra que a Constituição Federal já estabelece como dever da  União exercer a função redistributiva  e supletiva para garantir equalização de oportunidades educacionais, mediante assistência técnica e financeira aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios.

PNE e Saeb
Ele ainda ressalta que a medida está prevista ainda na Estratégia 20.12 do Plano Nacional de Educação (PNE). O parlamentar acrescenta ainda que o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) produz um conjunto de informações sobre o sistema escolar do País.

“Considerando que há metodologia para se mensurar o nível socioeconômico dos alunos da educação básica brasileira, a proposta apresenta mais um elemento do ponto de vista legal para que gestores públicos e a sociedade como um todo enfoquem a redução das desigualdades educacionais como política de Estado, e não de governo”, afirma.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta