Iluminação especial no Congresso lembra Dia Mundial das Doenças Raras

Roberto Suguino/Agência Senado
Saúde - doenças - Congresso iluminado (Dia Mundial das Doenças Raras)
Cerca de 13 milhões de brasileiros têm algum tipo de doença rara

O Congresso Nacional recebe até 4 de março uma iluminação especial para marcar o Dia Mundial das Doenças Raras, celebrado no último dia de fevereiro. As quatro cores utilizadas para simbolizar a data estarão distribuídas na fachada do Congresso da seguinte forma: verde e rosa para o Senado Federal; lilás e azul para a Câmara dos Deputados.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estima-se que 13 milhões de pessoas tenham doenças raras no País. O Ministério da Saúde aponta para a existência entre 6 mil e 8 mil tipos diferentes de doenças raras, definidas como as enfermidades de caráter degenerativo ou proliferativo que afetam até 65 em cada 100 mil indivíduos.

Essas doenças não têm cura e não têm um número amplo de opções terapêuticas.

No ano passado, o Congresso aprovou um projeto que reserva pelo menos 30% dos recursos do Programa de Fomento à Pesquisa da Saúde para a pesquisa de medicamentos, vacinas e terapias para doenças raras ou negligenciadas pela indústria farmacêutica. A proposta já virou lei.

Fonte: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta