GT quer fomentar participação feminina na gestão do Judiciário

O grupo de trabalho responsável pela elaboração de estudos, análise de cenários, eventos de capacitação e fomentação de diálogos sobre a participação institucional feminina no Poder Judiciário, em alinhamento à Resolução 255/2018 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), realizou na tarde desta terça-feira (3/3) sua primeira reunião de 2020. Não sem razão, o encontro ocorreu na sala Thereza Grisólia Tang, no 7º andar da Torre I do TJ, denominação que presta homenagem à única mulher que comandou o Judiciário  catarinense. Tang foi também a primeira juíza empossada no Brasil, em 1954.

Nesta primeira reunião, o grupo elaborou propostas de ações focadas na equidade de gênero para apresentar à Administração, com destaque para a ampliação da divulgação da temática no site do PJSC e nas redes sociais, reuniões de benchmark e compartilhamento de boas práticas com outros órgãos do Judiciário, e a realização de um novo evento com painéis temáticos e especialistas na matéria. A iniciativa atende a uma determinação do CNJ aos tribunais brasileiros, a qual também reitera o esforço para se alcançar o 5º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas – alcançar a igualdade de gênero.

Prevista na Agenda 2030, a meta reflete a crescente evidência de que a igualdade de gênero tem efeitos multiplicadores e benéficos no desenvolvimento sustentável, seja pela participação na política, na economia e em diversas outras áreas de tomada de decisão. Ela também busca garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para liderança em todos os níveis de tomada de decisão na esfera pública.

O grupo de trabalho, presidido pela servidora Marilande Fátima Manfrin Leida, da Diretoria-Geral Administrativa, é integrado ainda pelas servidoras Jussara Aparecida Barboza e Michelle de Souza Gomes Hugill, integrantes da Cevid, Priscila de Aquino Marcelino, representante da Academia Judicial, e Luciana Rabello Silva, psicóloga da Diretoria de Gestão de Pessoas.

The post GT quer fomentar participação feminina na gestão do Judiciário appeared first on Portal CNJ.

Fonte: CNJ

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta