Comissão pode realizar mesas-redondas em municípios capixabas sobre duplicação da BR-101

comissão externa da Câmara dos Deputados que acompanha e fiscaliza as obras da concessionária ECO 101 no trecho da BR-101 que corta o Espírito Santo se reúne nesta terça-feira (17) para votar requerimentos.

Dois deles foram apresentados pelo deputado Sérgio Vidigal (PDT-ES) para que sejam realizadas mesas-redondas – uma no município de Rio Novo do Sul e outra no município de Anchieta.

O objetivo é reunir vereadores com representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da concessionária ECO 101 para debater os impactos sociais da duplicação da BR-101 no território dos dois municípios, já que várias famílias terão que ser removidas de locais onde se estabeleceram há bastante tempo e proprietários de imóveis poderão ter que desocupar faixas ao longo da rodovia e assumir, por conta própria a construção de novos acessos à via, seguindo padrões de engenharia que lhes imporia enorme custo financeiro.

Outro requerimento é do deputado Helder Salomão (PT-ES), e pede que a ANTT formalize à comissão externa a proposta de realocar o posto da Polícia Rodoviária Federal do município de Viana, com a possibilidade de realização de pesagem dinâmica por parte da PRF.

O contrato de concessão da BR-101 no Espírito Santo compreende os 475,9 km da rodovia desde o entroncamento da BA-698 (acesso a Mucuri) até a divisa capixaba com o estado do Rio de Janeiro.

A reunião está prevista para ocorrer no anexo 2 da Câmara dos Deputados, sala 175B, às 14h30.

Fonte: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Use o Facebook para comentar e divulgar

Comentário

Deixe uma resposta